São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Julho 14, 2017 - 23:31

Em Jacareí, produtor cultiva maior plantação de pitaya rosa do Brasil

Pitaya

Pitaya

Foto: Divulgação

Fruta exótica possui um alto valor agregado e ainda é pouco conhecida. Plantação de 10 mil pés da espécie é feita no bairro Igarapés, zona rural da cidade, e pode render até 20 toneladas somente na primeira colheita

Hernane Lé[email protected]
JACAREÍ

Depois de trabalhar 30 anos no setor de farmácias, Hezir José Corrêa, 60 anos, foi apresentado a uma fruta exótica e pouco conhecida no Vale do Paraíba, a pitaya. Em um pequeno espaço nos fundos de sua casa, ele plantou algumas mudas para testar "se pegava" e hoje cultiva em Jacareí 10 mil pés da espécie de polpa rosa, a maior plantação do produto no Brasil.

A previsão é que nesta safra, que começa em novembro, sejam colhidas ao menos 20 toneladas de pitaya. Corrêa ainda quer mais. Está preparando uma gleba de terra que era usada para plantar chuchu, dentro de uma área arrendada por ele no bairro Igarapés, para dobrar sua produção.

Além da plantação de Jacareí, ele possui plantação em Minas Gerais e no Pará funcionando no sistema de "porteira fechada", quando outra pessoa fica responsável pelo cultivo e o empresário compra toda a produção. Isso garante a ele colher frutos quase todo o ano.

"Pesquisei muito, busquei informações no Ministério da Agricultura, que enviaram apostilas sobre o assunto. Consultei ainda publicações do exterior", disse Corrêa, orgulho do resultado.

MERCADO.

A planta que produz a pitaya é uma cactácea originada na América Central. Por causa da casca mais escamosa, ela também é conhecida como fruta dragão. Tem sabor levemente adocicado, é rica em fibras e possui baixo valor calórico.

O quilo da pitaya no mercado varia entre R$ 30 e R$ 60, mas é na comercialização da polpa que o empresário foca seus negócios. O creme da fruta está ganhando o paladar dos consumidores no eixo Rio-São Paulo, substituindo, inclusive, o famoso açaí."Está começando a entrar aqui e vendendo muito. O pessoal da geração saúde, fitness, está usando direto a pitaya. É um produto cheio de propriedades nutritivas e que da saciedade", disse, Ivson Surrusca , empresário do Rio de Janeiro que distribui o produto em cerca de 80 estabelecimentos da cidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO