São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Julho 11, 2017 - 22:40

Câmara de Taubaté vota nessa quarta projeto da LDO para 2018

Câmara de Taubaté

A última do mês. Plenário da Câmara de Taubaté. Depois de hoje, vereadores entrarão em recesso

Foto: /Divulgação

Texto aponta queda na receita da prefeitura para o ano que vem, passando de R$ 1,07 bilhão em 2017 para R$ 983 milhões em 2018; três das secretarias terão menos verba

Redação @jornalovale
Taubaté

A Câmara de Taubaté vota nessa quarta-feira, em sessão extraordinária, o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2018.

A sessão, que terá início às 14h, estava sendo adiada para que a base governista aprovasse projetos de interesse do prefeito Ortiz Junior (PSDB). Segundo o regimento interno da Casa, o recesso parlamentar de julho tem início após a aprovação do projeto da LDO.

Com o adiamento da votação, a Câmara aproveitou as últimas sessões para aprovar projetos como a revisão do Plano Diretor, a autorização para que as terceirizações via OS (Organização Social) possam ser feitas também na saúde e na educação e o programa de anistia de juros e multas da prefeitura.

Após a votação dessa quarta-feira, terá início o recesso legislativo. A Câmara só deverá realizar sessões ordinárias no dia 7 de agosto.

O projeto da LDO traça um cenário pessimista para Taubaté no ano que vem. Para 2018, é esperada uma receita de R$ 983 milhões para o município, cerca de 90% do que foi previsto anteriormente para 2017: R$ 1,07 bilhão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO