São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Agosto 28, 2017 - 23:53

Governo de São José nega fracasso na contratação de consultas

Felicio, Ricardo e Huruta

Trio. Felicio Ramuth, ao lado de Nakagawa e do secretário de Saúde, Oswaldo Huruta

Foto: /Charles de Moura/PMSJC

Vice-prefeito de São José, Ricardo Nakagawa (PMDB), nega fracasso do edital para a contratação de 110 mil consultas, cada uma a R$ 22. Apenas 4 médicos se cadastraram

João Paulo Sardinha @jpsardinha
São José dos Campos

O vice-prefeito de São José dos Campos, Ricardo Nakagawa (PMDB), evita admitir o fracasso do edital para contratação de 110 mil consultas, cada uma a R$ 22. Apenas quatro médicos se cadastraram para atender na rede de saúde por esse valor.

Nakagawa, porém, afirma que esses profissionais serão muito úteis em unidades com alta demanda de pacientes. "Nós propusemos o credenciamento de consultas médicas nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). Chegamos a esses R$ 22 através da isonomia salarial. Não podemos criar diferenças salariais entre os médicos concursados e credenciados. É um projeto novo. Não dá para falar que foi um fracasso", declarou à Mix FM ontem.

"Nós tivemos quatro médicos que se disponibilizaram a atender. Eles vão atender praticamente todos os dias da semana. Isso vai ajudar bastante na UBS que ele for colocado para trabalhar. Vamos distribui-los nas regiões de maior carência", completou.

A contratação dos médicos foi a solução encontrada para sanar a dificuldade em manter profissionais concursados na rede. O anúncio foi feito no começo deste mês. O investimento na compra de consultas será de R$ 2,4 milhões.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO