São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Esporte
Setembro 03, 2017 - 17:32

Em entrevista à rádio, presidente do São José anuncia renúncia ao cargo

Lance da partida entre São José e União de Mogi, neste domingo

Lance da partida entre São José e União de Mogi, neste domingo

Foto: Rodolfo Moreira/Jornal Joseense


São José dos Campos

O presidente do São José, Adilson José Batista, renunciou ao cargo poucas horas após a derrota da Águia do Vale para o União de Mogi das Cruzes, que culminou com a eliminação da Águia do Vale do Campeonato Paulista da Quarta Divisão.

A declaração teria sido dada em uma entrevista à Rádio Cultural FM, de São José dos Campos, ainda no estádio Martins Pereira. A assessoria de imprensa do clube confirmou o afastamento do dirigente, mas ainda não divulgou o motivo oficial do desligamento. Uma nota oficial deverá ser divulgada nas próximas horas.

A reportagem do OVALE apurou, no entanto, que as dívidas do clube, deixadas por gestões anteriores, seria o principal motivo, já que o presidente poderia ter bens pessoais penhorados pela Justiça. Neste domingo tarde, o presidente não atendeu às ligações telefônicas para falar sobre o assunto.

Agora, os dois vice-presidentes do clube, Chico Duarte ou Vanderlei das Graças, poderá assumir a Águia do Vale. Caso eles não queiram, assume o presidente do Conselho Deliberativo, Benedito Pedro da Silva, o 'Zico', que poderá seguir no cargo ou convocar novas eleições na Águia do Vale.

"Comigo ele ainda não falou nada. Então, fica difícil de comentar. Vamos esperar a reunião desta segunda-feira para definir tudo isso", disse Vanderlei, também ao OVALE, por telefone.

Com a derrota por 2 a 0 para o União, neste domingo, o São José não vai mais ter jogos oficiais em 2017. Agora, só volta aos campos em abril do ano que vem, quando novamente vai disputar a Quarta Divisão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO