São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Editorial
Dezembro 04, 2017 - 23:45

Quer pagar quanto?

Paço precisa melhorar etapa de cotação de preços para elaboração dos editais de licitação: qual é o valor ideal?


A licitação para a compra de material escolar a 43 mil alunos da rede de ensino de São José dos Campos, na manhã desta segunda-feira, foi considerada bem-sucedida pelo governo Felicio Ramuth (PSSB). Para defender essa posição, a cúpula tucana aponta para os valores de referência do edital.

Por essa ótica, o governo tem certa dose de razão. Os próprios participantes do certame, durante a sessão de lances no Paço Municipal, reclamavam que os preços de referência dos produtos estavam muito abaixo do praticado pelo mercado de escritório.

Se o gestor público precisa zelar pelo dinheiro do contribuinte, o governo Felicio Ramuth (PSDB) então acertou ao deixar os valores no edital lá no chão, correto?

Não necessariamente. Quando os preços estão demasiadamente fora da realidade, o resultado é uma licitação impróspera (termo usado quando todos os lances ficam acima do valor do edital). Em resumo, a prefeitura não conseguiu comprar todos os itens que precisava. Agora, terá que abrir um novo certame, às vésperas do Natal, sem saber qual será o desfecho.

Neste caso, portanto, o governo acertou ao baixar os preços. Mas errou ao baixá-los em demasia no edital de licitação e atrasar a compra dos kits escolares aos alunos. Achar um meio termo é o principal desafio para o secretário de Gestão Administrativa e Finanças, José de Mello Correa.

"A prefeitura pegou um esquadro licitado no começo deste ano, de qualidade bem inferior, e colocou o mesmo preço para 2018. Não tem como vender dessa maneira", disse um participante da sessão de lances.

O resultado já é conhecido. A compra do esquadro foi impróspera e as propostas apresentadas acabaram desclassificadas no certame.

O governo Felicio Ramuth, na realidade, precisa calibrar melhor a elaboração de seus editais. Um apresenta preços muito baixos -- o que inviabiliza a montagem completa do kit escolar--, em outro momento, prevê a compra de pão francês com margarina por R$ 1,14, valor bem acima do praticado em qualquer panificadora de São José dos Campos.

É preciso melhorar a cotação de preços para os editais de licitação, de modo que o contribuinte pague um preço justo pelo serviço oferecido pelo poder público..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO