São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Janeiro 07, 2018 - 16:25

Mais de 19 mil fazem prova da Fuvest; confira tema da redação e análise

Alunos fazem prova

Alunos fazem prova

Foto: Divulgação

Agencia Brasil

Mais de 19 mil candidatos iniciaram neste domingo a prova da Fuvest, disputando 8.402 vagas para ingresso na USP (Universidade de São Paulo). O concurso tem este ano a participação de 2.100 treineiros.

Na segunda fase, o concurso terá três provas discursivas, obrigatórias para todos os candidatos. Neste domingo, a prova terá de dez questões de português e redação. As demais provas acontecem nesta segunda (8) e terça (9).

Para este domingo, professores do Objetivo teceram comentários sobre a redação, que teve como tema “Devem existir limites para a arte?”. Confira: 

"A redação teve um nível médio de dificuldade, pois exigiu do candidato estar bem atualizado, já que o assunto e consequente polêmica foi amplamente divulgado pela mídia. O tema gira em torno do respeito à liberdade de expressão, mantendo o equilíbrio entre os mais diversos posicionamentos.

O desenvolvimento deste tema deve obedecer o respeito às mais diversas correntes sociais, religiosas e ideológicas. O tema deve ser abordado com um claro projeto de texto, no qual o candidato irá expor seu posicionamento, fundamentando por meio de exemplos concretos, históricos, sociológicos e outros que possa julgar importantes.

O candidato deve observar com atenção os textos motivadores e deles extrair alguns elementos que julque importantes. Seguir a norma padrão da Língua Portuguesa, manter coerência e coesão entre as partes do texto"

Amir Amad, professor de Redação

"O tema abordado vem de encontro ao antagonismo social explicitado nas redes sociais naquilo que se refere à arte e suas formas de expressão. Face ao narrado podemos aprofundar o reflexão do tema com um excerto do filósofo Paul Valéry "O que chamamos "uma Obra de arte" é o resultado de uma ação cujo objetivo finito é provocar em alguém desenvolvimentos infinitos". Tal foi a provocação desta proposta de redação da Fuvest. Muito mais que a necessidade de uma bagagem cultural para a escrita, exigiu sim o exercício da compreensão das diferenças e um vislumbre sobre a metamorfose dos valores (axiologia) enraizados na sociedade brasileira. Tema assertivo, atual e provocador!

Daí um cuidado em não se tomar um posicionamento radical, já que se trata de assunto polêmico. Atenção: o aluno deve tomar bastante cuidado para não cair em contradição e também não ficar indeciso. O equilíbrio e o respeito à diversidade leva à conduta adequada"

Paulo Roberto, professor de Filosofia e Sociologia

A prova de Linguagens (Gramática e Literatura) trouxe questões de níveis variados. De Gramática, a banca apostou na busca de relação de sentidos e tempos verbais, propondo reescritas de algumas passagens, troca de discursos e de pessoas verbais e uso de sinônimos. Esse estilo de questões demonstra uma banca mais preocupada com a qualidade da leitura e a interpretação dos excertos.

Quanto à Literatura, foram contempladas as obras: 'Iracema', de Alencar, e o processo de colonização; 'Brás Cubas', de Machado de Assis, e a concepção de trabalho; um fragmento do poema 'A máquina do mundo', de Drummond, solicitando aqui que o candidato reconhecesse as características principais da obra 'Claro Enigma' e, por fim, 'Mayombe', a obra africana de Pepetela, exigindo que se esclarecesse o objetivo político do 'Movimento' organizado pelos guerrilheiros angolanos. Assim, a Fuvest, mais uma vez, deixa evidente que não basta apenas ler as obras, mas é preciso estudá-las, analisar seus contextos e simbologias para que se compreenda a importância geral e a finalidade de cada livro solicitado"

Professora Luci Rocha

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO