São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Janeiro 05, 2018 - 23:49

Taubaté tenta agilizar sorteio de conjunto habitacional do Barranco

Sorteio de casas populares em Taubaté

Expectativa. Prefeitura pretende realizar o sorteio das moradias do Vista das Palmeiras em 60 dias

Foto: Divulgação/PMT

Medida foi anunciada após repercussão negativa da notícia de que moradias só serão entregues em dezembro desse ano

Da redaçã[email protected]

Após a repercussão negativa da notícia de que a entrega do conjunto habitacional Vista das Palmeiras irá ocorrer apenas em dezembro de 2018, com um atraso de 44 meses, o governo Ortiz Junior (PSDB) informou nessa sexta-feira que busca agilizar o sorteio das moradias.

A intenção da gestão tucana é que o sorteio possa ser realizado até o início de março.

O principal entrave, por enquanto, é a definição das famílias que irão participar do sorteio - essa tarefa cabe à prefeitura.

O empreendimento terá 832 moradias, mas até agora apenas 659 nomes estão aptos para participar do sorteio.

Os nomes são apontados pela prefeitura e depois passam por análise do Banco do Brasil, instituição financeira responsável pelo empreendimento.

Segundo o Departamento de Habitação, ainda existem 63 dossiês em diligência, 45 a revalidar junto ao banco e 25 considerados desenquadrados. Outras 67 visitas domiciliares devem ser realizadas pelo setor este mês.

"A expectativa é de que os nomes restantes passem pela avaliação do banco em seguida para que o sorteio dos imóveis possa ser viabilizado em cerca de 60 dias", informou o governo Ortiz, em nota.

ATRASO.

Em janeiro de 2014, o prefeito anunciou dois conjuntos habitacionais, com promessa de entrega até abril de 2015: o Vista das Palmeiras, no Barranco, e o Francisco Alves Monteiro, no Novo Horizonte.

Por enquanto, apenas o conjunto do Novo Horizonte, com 864 apartamentos, foi entregue - isso ocorreu em janeiro de 2017.

Os dois empreendimentos foram projetados em parceria entre município, Estado e União. A prefeitura cedeu os terrenos e os governos estadual e federal fizeram os aportes financeiros..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO