São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Janeiro 11, 2018 - 23:37

Licitação de uniforme escolar tem nova reviravolta em Jacareí

Material. Prefeitura afirma que fez

Material. Prefeitura afirma que fez 'diligência' nas amostras da Nilcatex

Foto: /Alex Brito/PMJ

Governo Izaias diz que empresa Nilcatex, anunciada como vencedora da licitação, foi desclassificada na análise das amostras. Afirmação contraria parecer técnico divulgado pela prefeitura, aprovando material fornecido

Hernane Lé[email protected]
JACAREÍ

A compra de uniforme escolar no governo Izaias Santana (PSDB) se tornou uma sequência de problemas no processo licitatório-- que pode deixar os alunos da rede municipal de ensino mais de um mês sem uniformes. Depois de anunciar a Nilcatex Textil vencedora do pregão com uma proposta 45% menor que o valor teto do certame, a prefeitura afirma agora que a empresa teve suas amostras de tecido reprovadas e a segunda colocada pode ser habilitada.

A Nilcatex teve "sua amostra rejeitada por não atender as especificações de qualidade". A informação, emitida por meio de nota pela Secretaria de Educação, contraria o parecer divulgado no site da prefeitura. Um documento do dia 15 de dezembro de 2017 diz que as amostras apresentadas pela empresa "foram aprovadas pelo setor técnico competente".

Mas agora, segundo o governo, "em diligência feita junto à fabricantes do setor têxtil, foi identificado que o material não correspondia às etiquetas e nem ao exigido pelo edital", justificou a prefeitura sobre a incoerência apresentada.

O documento divulgado pelo setor de licitações destaca ainda que no dia 18 de dezembro do ano passado, aconteceria a sessão para declarar a Nilcatex como vencedora do certame. O prefeito Izaias, inclusive, concedeu entrevistas à imprensa confirmando o resultado da concorrência.

EXPLICAÇÕES

Na última segunda-feira (8), no entanto, a prefeitura disse à reportagem de OVALE que foi surpreendida com um recurso apresentado pela segunda colocada na licitação, a E&E Confecções. Nenhuma informação foi passada sobre a desclassificação da Nilcatex, investigada pela Polícia Federal na 'máfia dos uniformes'.

"Todos os esforços são para que os uniformes comecem a ser entregues ainda no mês de fevereiro", afirmou o governo..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO