São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Fevereiro 01, 2018 - 23:54

Taubaté gasta 780% a mais que São José e 1.770% mais que Jacareí em viagens

Câmara de Taubaté

Agência de viagens. Câmara de Taubaté lidera os gastos na região

Foto: /Rogério Marques/OVALE

Câmara de Taubaté gastou R$ 204.034,94 com as viagens oficiais em 2017, sendo R$ 19.295,84 para os vereadores e R$ 184.739,10 com servidores; na de São José os gastos somaram R$ 23.144,11, e na de Jacareí, R$ 10.904,46

Julio [email protected]

A Câmara de Taubaté gastou com viagens oficiais no ano passado 781% a mais do que a de São José dos Campos, e 1.771% a mais do que a de Jacareí. O levantamento foi feito pela reportagem com base nas diárias pagas aos servidores e no ressarcimento de despesas dos vereadores das três cidades em 2017.

Em Taubaté, o gasto total foi de R$ 204.034,94. Desse montante, R$ 19.295,84 foram pagos aos parlamentares para ressarcir despesas, principalmente com alimentação. Os R$ 184.739,10 restantes foram pagos em diárias para os servidores, entre assessores dos vereadores, funcionários administrativos e motoristas.

Em São José, o gasto ficou em R$ 23.144,11 no ano passado, sendo R$ 2.054,11 para ressarcir despesas de vereadores e R$ 21.090 em diárias de servidores.

Em Jacareí, o gasto total com viagens em 2017 foi de R$ 10.904,46, sendo R$ 377,46 para ressarcir despesas de parlamentares e R$ 10.527 em diárias de funcionários.

O abismo entre os gastos pode ser explicado por dois fatores: a discrepância no número de viagens em cada cidade e a grande diferença entre os limites de despesas.

Em Taubaté, por exemplo, das 498 viagens oficiais feitas no ano passado, em 122 os vereadores solicitaram ressarcimento de despesa. Além disso foram pagas 1.005 diárias no período, cada uma de R$ 183,82.

Já em São José dos Campos, apenas sete viagens dos vereadores tiveram ressarcimento de despesas. Já as diárias para os servidores variam entre R$ 15 e R$ 30.

Em Jacareí, somente uma viagem oficial de parlamentares teve ressarcimento de despesas. A diária para os servidores varia de R$ 33 a R$ 66.

AÇÃO.

O jornal move desde setembro de 2017 uma ação na Justiça contra a Câmara de Taubaté para obter acesso aos relatórios de viagens dos vereadores, que contêm as notas fiscais apresentadas para ressarcir as despesas..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO