São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Maio 01, 2018 - 05:18

Obras em andamento no Vale têm baixo acompanhamento de gestão

Palácio do Planalto

Palácio do Planalto

Foto: Divulgação

Quase 70% das obras em andamento no Vale do Paraíba, de acordo com o sistema online do governo federal, não trazem percentual de execução física ou ainda não saíram do zero; somente 16% estão 100% concluídas na região

Xandu [email protected]

Sete em cada 10 obras do governo federal em andamento no Vale do Paraíba não têm acompanhamento de execução física ou ainda nem começaram, o que revela problemas no controle e gestão dos recursos públicos.

Do total de 572 obras listadas no 'Painel de Obras', ferramenta online do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, 372 (65,03%) estão sem qualquer percentual de acompanhamento da execução física e 22 (3,85%) nem sequer começaram o serviço -- 0% no sistema.

Segundo a mesma plataforma, 96 já foram completamente concluídas, o que representa 16,78% do pacote.

As demais obras têm execução na faixa de 90% a 99% (24 obras e 4,2%), 80% a 89% (10 obras e 1,75%), 70% a 79% (5 obras e 0,87%), 60% a 69% (8 obras e 1,4%) e 50% a 59% (10 obras e 1,75%). Entre 0,3% e 49% de execução, o Vale tem 25 obras ou 4,37% da totalidade.

PACOTÃO.

De acordo com o Ministério do Planejamento, a RMVale contava com um pacotão de 659 obras financiadas pelo governo federal desde 2008. O montante de investimento chegava a R$ 5,140 bilhões.

Problemas de gestão e documentação, contudo, provocaram o cancelamento de 96 obras e a perda de cerca de R$ 48 milhões em recursos públicos, reduzindo para R$ 5,092 bilhões o total investido na região.

Quanto à execução financeira das obras, 290 (50,7%) não têm nenhum acompanhamento destacado no sistema do governo federal.

Apenas 10,49% das obras (60) executaram 100% dos recursos financeiros. Outras 157 obras (27,45%) estão na faixa de 50% e 99% dos recursos aplicados.

Abaixo disso, o sistema aponta 14 obras (2,45%) e mais 51 nas quais não há nenhum percentual de execução financeira indicado pelo sistema, o que representa 8,92% do total de obras em andamento.

PROGRAMAS.

A maior parte das obras tocadas no Vale é ligada ao Siconv (Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasses), administrado pelo Ministério do Planejamento.

São 459 obras contratadas pelo sistema, sendo que 96 foram canceladas por problemas na gestão. No total, o sistema mantém 363 obras em andamento na região, que representam 63,38% do total. As demais estão ligadas a dois programas do governo federal. São 158 do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), com 28,06% do total, e 42 do 'Programa Avançar', lançado pelo governo no ano passado para retomar obras paralisadas no país..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO