São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Maio 03, 2018 - 01:53

Estado afirma que mais da metade das cidades da RMVale tem 'potencial turístico'

Festa dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida

TURISMO. RMVale possui pacote completo para visitantes, com ponto forte no turismo religioso, além de praia e serra.

Foto: /Rogério Marques/OVALE

Governo estadual certifica 9 cidades da região no MIT (Municípios de Interesse Turístico), que terão direito a verba para obras em 2018; outros 14 municípios da RMVale estão na categoria de estância turística

Julia [email protected]

Mais da metade dos municípios da RMVale são considerados estância ou interesse turísticos pelo Estado de São Paulo. No último dia 30, as cidades de Monteiro Lobato, Paraibuna, Jacareí, Igaratá, Cachoeira Paulista e Queluz receberam, em Aparecida, o certificado de MIT (Municípios de Interesse Turístico), pelo governo estadual.

Ao lado de Areias, Cruzeiro e Santa Branca, estas cidades compõem um grupo de municípios que possuem direito a mais de R$ 594 mil em 2018 para obras de infraestrutura turística, mediante convênio com o Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) da Secretaria de Turismo.

Além disso, outras 14 cidades que fazem parte da categoria de estâncias turísticas: Aparecida, Bananal, Campos do Jordão, Caraguatatuba, Cunha, Guaratinguetá, Ilhabela, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga, São José do Barreiro, São Sebastião, Tremembé e Ubatuba.

POTENCIAL.

Ao receberem o certificado MIT, as cidades são consideradas de potencial turístico por possuírem Conselho Municipal de Turismo, serviço médico emergencial, infraestrutura básica, plano diretor de turismo e expressivos atrativos turísticos. A emenda à Constituição aprovada foi aprovada pela Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo).

"São Paulo tem recurso do Dadetur, um recurso carimbado e especifico para as cidades turísticas, são quase R$ 400 milhões que o Estado todos os anos seleciona as cidades turísticas e entrega para elas um valor, para que cada prefeito possa escolher a obra que é mais adequada para sua cidade, que tenha relação com turismo", explicou o governador Marcio França.

Os recursos das estâncias turísticas são organizados de acordo com os tributos e o potencial turístico de cada município.

"Existem essas duas categorias, a estância turística é bastante antiga, por isso foi ditada uma nova lei que instituiu o MIT. Dentro do valor, 20% da verba é destinada ao MIT e as estancias tem a destinação de 80% conforme a sua participação de arrecadação de tributos", afirmou a secretária de Turismo e diretora do Dadetur, Nanci Cortazzo, em entrevista a OVALE.

TURÍSTICO.

O Vale do Paraíba é classificado pelo Estado como uma região que contém pontos altos no turismo.

Um destaque é a religião, como por exemplo em Aparecida, que recebe de 13 a 15 milhões de turistas ao ano.

"O Vale possui um enorme potencial turístico, principalmente por ter praia, cultura, história. É o cenário completo para qualquer turista. E temos que encarar o turismo como negócio, queremos que o turista consuma e tenha geração de renda e a atividade econômica seja movida", afirmou Nanci..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO