São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Junho 05, 2018 - 01:25

Vendas de veículos recuam 7,18% em maio, revela Fenabrave

Complexo Industrial da GM em São Caetano do Sul/SP

Linha de produção. Funcionário trabalhando em uma das fábricas da GM em São José dos Campos

Foto: /Divulgação

Foram emplacados 194.922 automóveis e comerciais leves em maio, contra 209.995 em abril; greve nas estradas afetou produção

Da redaçã[email protected]

A venda de automóveis e comerciais leves caiu 7,18% em maio ante abril, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O motivo da desaceleração da comercialização de veículos, mercado que vinha crescendo neste ano, foi a paralisação dos caminhoneiros, que afetou a produção das montadoras.

No Vale do Paraíba, General Motors (São José), Volkswagen e Ford (Taubaté) e Chery (Jacareí) paralisaram a produção durante a greve dos transportadores, que durou 10 dias.

Segundo a Fenabrave, foram emplacados 194.922 automóveis e comerciais leves no país em maio, contra 209.995 em abril.

A retração foi maior entre os automóveis: 164.426 contra 178.699, queda de 7,99%. Os comerciais leves, categoria que inclui as picapes, caiu 2,56%, com 30.496 contra 31.296.

Segundo Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave maio acompanhava a tendência positiva dos últimos meses, até o impacto causado pelas paralisações dos caminhoneiros.

"Apuramos que, a partir do dia 25, o número de veículos emplacados começou a retrair. Este cenário ocorreu, entre outras razões, pela dificuldade de abastecimento de combustível, que fez com que os veículos, já prontos para entrega, não fossem conduzidos para emplacamento".

MONTADORAS.

Entre as montadoras instaladas no Vale do Paraíba, a Ford foi quem teve a maior queda em maio ante abril (-8,37%), seguida da GM (-4,56%) e da Volkswagen (-2,34%)..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO