São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Esporte
Junho 03, 2018 - 19:51

São José fica a uma vitória da final

Lance do jogo entre São José e Londrina, no confronto 2 das semifinais

Perto da vaga. O São José abriu 2 a 0 sobre o Londrina no último domingo

Foto: Arthur Marega Filho/São José Basketball

Marcos Eduardo Carvalho
São José dos Campos

O São José está a um passo de se classificar para as finais do da Liga Ouro, a divisão de acesso ao NBB (Novo Basquete Brasil). Neste domingo, o time da região recebeu o Londrina no ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos, e venceu por 57 a 52, pelo segundo jogo da série melhor de cinco partidas dos playoffs das semifinais do torneio.

Assim, o time comandado pelo técnico Paulo Cézar Jaú precisa de um triunfo em até três confrontos possíveis. Na sexta-feira, os joseenses já haviam vencido com tranquilidade, por 71 a 53, no mesmo local. Agora, as equipes voltam a se enfrentar no dia 7 de junho, quinta-feira, a partir das 20h, em Londrina, no terceiro jogo da série.

Quem se classificar vai pegar o vencedor do confronto entre Corinthians e Macaé, onde os corintianos também estão em vantagem de 2 a 0 na série e podem garantir a classificação nesta segunda-feira, se vencerem fora de casa.

A VITÓRIA.

Neste domingo, mais uma vez o Caldeirão ficou lotado. Mas, no primeiro quarto, o São José teve uma atuação apagada, até irreconhecível. Viu o Londrina fechar o período com três pontos de vantagem: 14 a 11. No segundo quarto, o São José reagiu. Embora o ataque ainda não produzisse o que está acostumado, ao menos a defesa foi impecável e o time fechou o período em 12 a 7, indo para o intervalo com vantagem de dois pontos no placar: 23 a 21.

No segundo tempo, o Londrina chegou a ameaçar, mas novamente os joseenses foram melhores no terceiro quarto. O placar de 16 a 13 no período colocou mais cinco pontos de vantagem para o São José: 39 a 34. Nos últimos dez minutos de partida, com o apoio da torcida, o time da casa deslanchou, embora no final os visitantes quase complicassem o jogo onde o experiente Márcio Dornelles foi o principal cestinha em quadra, com 18 pontos. Ele também pegou 11 rebotes e atingiu o chamado 'double-double', quando o atleta consegue dois dígitos em dois fundamentos diferentes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO