São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Junho 07, 2018 - 22:33

Taubaté abre licitação para novos mototaxistas

Mototaxistas em Taubaté

Abre aspas: "O PDUI (Plano de de Desenvolvimento Urbanístico Integrado) é um ponto essencial para gente poder captar recursos". Vitão (PSDB). Presidente do Conselho da RMVale

Foto: /Arquivo

São oferecidas 247 novas permissões, sendo 130 que estavam abertas 2016 e mais 117 que foram criadas esse ano; essa nova concorrência é uma reivindicação antiga da categoria

Da redaçã[email protected]

A Prefeitura de Taubaté abriu uma licitação para definir 247 novos permissionários para o serviço de mototáxi no município, sendo 53 deles substitutos. Essa era uma antiga reivindicação da categoria.

Por enquanto, apenas 310 mototaxistas têm permissão permanente para atuar na cidade. Eles foram selecionados em concorrências abertas ainda no primeiro mandato do prefeito Ortiz Junior (PSDB). Eram oferecidas 440 vagas, mas 130 ficaram abertas pois os demais candidatos não atenderam exigências do edital.

Em fevereiro desse ano, a gestão tucana decidiu ampliar o número de permissões de 440 para 557. Portanto, a nova licitação visa preencher as 130 vagas anteriores e as 117 novas, criadas em 2018 - por enquanto, elas são ocupadas em caráter provisório.

Segundo a prefeitura, a medida foi tomada em razão da crescente demanda do sistema. Os mototaxistas têm até 5 de julho para se inscreverem. O tempo de experiência na profissão será um dos principais critérios de avaliação.

REGIONAIS.

A prefeitura também abriu um chamamento público para as empresas interessadas em assumir o gerenciamento de bases regionais de mototaxistas. Oito das 14 regionais ainda estão disponíveis. São elas: Belém/Cidade de Deus/Jaboticabeira; Areão; Vila São José/Maria Augusta; Jardim América/Imaculada/Campos Elíseos; Estiva; Vila São Geraldo/Parque São Luis; Quiririm/Cecap/Santa Tereza; e Gurilândia/Parque Paduan.

As seis outras regionais já têm empresas definidas. Cada empresa só pode gerenciar uma base.

Tanto o termo de autorização para as bases quanto a permissão para os mototaxistas terão validade de cinco anos, prorrogável por mais cinco..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO