São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Junho 24, 2018 - 11:36

Curso sobre azeites no Senac São José

Azeite

Azeite

Foto: Divulgação

Composição e embalagem interferem na qualidade e no sabor; docente esclarece os mitos e as verdades do produto

Da Redaçã[email protected]
São José dos Campos

O azeite de oliva está presente no dia a dia alimentar de muitas famílias brasileiras. Ele é sucesso na salada, nas carnes ou para refogar os tradicionais arroz e feijão. Com tantas variações do produto na prateleira dos mercados, fica difícil escolher qual levar para casa. A composição e a embalagem, por exemplo, podem indicar se o azeite possui as propriedades que beneficiam a saúde e agradam o paladar do consumidor.

Atualmente, os azeites são classificados como extravirgem, virgem e comum. O que os difere é o número de etapas de refinamento pelas quais passam, e isso altera a acidez do óleo, ou seja, sua qualidade. Enquanto o extravirgem possui até 0,8% de acidez e o virgem 2% – e são os mais indicados para consumo – o azeite comum pode superar esses valores por ser uma mistura de azeite refinado (que precisa ser purificado artificialmente para extrair o excesso de acidez) com doses de azeite virgem ou extravirgem.

"Isso faz com que o azeite comum não apresente o mesmo valor nutricional do azeite extravirgem, o qual é retirado da primeira prensa das azeitonas, retendo o máximo da pureza em relação ao sabor, aroma, antioxidantes e outros nutrientes. Quanto maior for a acidez do azeite, mais rápido as propriedades dele se deterioram e menor é sua qualidade", explica Gilson Rosa, docente da área de gastronomia do Senac São José dos Campos.

Ele reforça que para preservar as propriedades do azeite que oferecem benefícios à saúde, é necessário cuidado na embalagem, no transporte e armazenamento do produto. "A luminosidade, por exemplo, é um fator que pode destruir o efeito antioxidante do azeite. Por isso, quanto mais novo ele for e mais escuro for o frasco, melhor é para o consumo", ressalta.

Formação na área

Para os interessados em conhecer mais sobre as características do azeite, o Senac São José dos Campos realiza, a partir de 13 de agosto, o curso de curta duração Básico em Azeites. A capacitação leva o aluno a uma viagem pela história do azeite e seu processo produtivo, regiões produtoras, tipos de azeites, análise sensorial e noções de compatibilização com alimentos.

Para mais informações e inscrições, acesse o Portal Senac: www.sp.senac.br/saojosedoscampos. A unidade fica na rua Saigiro Nakamura, 400, na Vila Industrial.

Serviço:

Curso: Básico em Azeites

Carga horária: 18 horas

Data: 13/8/2018 a 22/8/2018

Horário: às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Inscrições: www.sp.senac.br/saojosedoscampos

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO