São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Julho 04, 2018 - 01:22

Com voos a R$ 100, São José inicia venda de passagens no aeroporto

Voo comercial. Atividades do aeroporto Urbano Ernesto Stumpf serão retomadas dentro de dois meses

Voo comercial. Atividades do aeroporto Urbano Ernesto Stumpf serão retomadas dentro de dois meses

Foto: Rogério Marques/OVALE

Preço se iguala com média dos valores das passagens das linhas de ônibus que fazem o trajeto São José dos Campos x Rio de Janeiro

Lucas Tavares @lucastavares11
São José dos Campos

As primeiras passagens para o Rio de Janeiro, partindo do aeroporto de São José dos Campos, já começam a ser vendidas e, inicialmente, terão o preço promocional de até R$ 100 por pessoa.

O valor foi divulgado pela Azul Linhas Aéreas, companhia que volta a operar no local. Uma semana após anunciar que o aeroporto de São José voltaria a ter voos comerciais, o prefeito Felicio Ramuth (PSDB) convocou uma coletiva na manhã dessa terça para anunciar os detalhes da retomada das viagens aéreas na cidade.

"É interessante que o passageiro conheça o nosso trabalho. Nós colocamos tarifas atraentes para que ele possa voar, possa ver a segurança, o conforto, a velocidade da aeronave. Vai ser um pouquinho menos de R$ 100", revelou Ronaldo Veras, representante da Azul, durante o evento.

COMPARATIVO.

O preço se iguala com os valores das passagens das linhas de ônibus que fazem o trajeto São José dos Campos x Rio de Janeiro.

O menor valor de uma passagem de ônibus para o Rio, na classe executiva, foi encontrado por R$ 67,33, enquanto que o maior valor, na classe 'leito', foi encontrado por R$ 121,71.

CONEXÕES

Previsto para o dia 3 de setembro, o primeiro voo será feito na aeronave bimotor ART72-600, da Azul, com capacidade para 70 passageiros. Os passageiros que partirem de São José para o Rio poderão fazer conexões para os aeroportos de mais sete cidades: Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), Campo de Goytacazes (RJ), Ribeirão Preto (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Goiânia (GO). As conexões serão cobradas a parte.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO