São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Julho 05, 2018 - 13:12

Sindicato dos Metalúrgicos quer veto ao acordo entre Embraer e Boeing

Embraer

Embraer

Foto: Divulgação/SindMetalSJC

Entidade diz que acordo comercial entre Embraer e Boeing é "crime de lesa-pátria" e prevê desemprego

Xandu Alves
São José dos Campos

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos vai cobrar do governo federal e do Congresso Nacional o veto à operação comercial entre Embraer e Boeing, anunciada na manhã deste quinta-feira.

Todo o setor de aviação comercial da Embraer, incluindo os trabalhadores, será transferido para um futura joint venture que terá controle majoritário da Boeing.

Para o sindicato, a operação “coloca em risco a soberania nacional e milhares de empregos do setor aeronáutico”.

“O governo federal, detentor da ação Golden Share [ação da Embraer com direito a veto], tem a obrigação de vetar a negociação. Ao contrário do que afirmou a Embraer em comunicado, esta junção não trará benefícios para o Brasil e, muito menos, para os trabalhadores brasileiros”, informou o sindicato.

Ainda segundo a entidade, o negócio trará desemprego ao país. “Desde que os planos de venda foram divulgados, no final do ano passado, as demissões não param de acontecer na Embraer. Embora o Sindicato não tenha acesso a números oficiais, estima-se que este ano já foram demitidos cerca de 300 funcionários”.

O sindicato chamou a operação de “crime de lesa-pátria”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO