São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Julho 12, 2018 - 02:50

Cinco cidades do Vale estão entre as 100 mais exportadoras do país

Recorde. As exportações em janeiro deste ano foram as melhores desde 2006

Mercado. Evento vai oferecer capacitação a empresários

Foto: Divulgação

Destaque da RMVale é São José dos Campos, em 8º lugar na lista nacional dos municípios mais exportadores do ano; cidade aumentou em 70% as exportações em junho; Ilhabela, Taubaté, Pinda e Jacareí estão no 'top 100'

Xandu [email protected]

Com alta de 70% nas exportações em junho, São José dos Campos alcançou o 8º lugar no ranking das cidades que mais exportam no país, melhor pontuação do Vale do Paraíba. Até maio, o município era o 11º da lista.

A cidade exportou US$ 1,83 bilhão no primeiro semestre, maior montante da RMVale e 8º do país, cujo ranking tem 2.486 cidades.

Trata-se da melhor colocação de São José no ranking brasileiro neste ano. Já tendo sido a 6ª maior exportadora do país em 2017, a cidade caiu para o 18º lugar em janeiro e alcançou o 11º, em abril. Quem lidera é São Paulo, com US$ 7,5 bilhões.

No ranking nacional, além de São José, a RMVale tem mais quatro cidades no 'top 100': Ilhabela (9º), Taubaté (48º), Pindamonhangaba (57º) e Jacareí (68º).

Ilhabela exportou US$ 1,80 bilhão de janeiro a junho. Depois de obter a 7ª colocação no ranking nacional em maio, caiu para a 9ª em junho, mas é melhor do que a 17ª posição do ano passado.

Taubaté ficou no 48º lugar da listagem nacional, com exportações de US$ 540,9 milhões no primeiro semestre. Porém, a cidade vem caindo no ranking: 37ª em 2017 e a 45ª, em maio.

Com US$ 428,7 milhões exportados nos seis meses deste ano, Pindamonhangaba aparece na 57ª posição do ranking dos municípios que mais exportam no país.

É a cidade da região que, ao lado de São José, vem melhorando sua pontuação na lista: era a 107ª em 2017 e a 65ª, em maio deste ano.

Na contramão, Jacareí passou da 49ª cidade mais exportadora do país no ano passado para a 60ª em maio e, agora, na 68ª posição de junho, com US$ 371,7 milhões vendidos ao exterior no primeiro semestre..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO