Júlio Darvas

O toque feminino na Economia, Finanças, Política e Social faz a diferença

Júlio Darvas, Especialista em estratégia de marketing empresarial, político e social
04/05/2022 às 14:38.
Atualizado em 06/05/2022 às 23:41

Se lançarmos um olhar para o passado é que compreendemos a presença feminina nas atividades mais variadas, saindo do restrito cozinhar, cuidar da casa e dos filhos e até dos netos. Os dias de hoje mostram exatamente a saída da mulher arrojando-se nas mais variadas atividades e, portanto, participante importante da economia de cada país.

Isto não ocorre somente neste Brasil imenso, mas vem tomando importância nas várias partes do mundo. Na Alemanha, basta mencionar a já saudosa presença da Ângela Merkel como primeira-ministra mais longínqua da reconstrução germânica e da posição deste país no contexto mundial. 

Nos Estados Unidos, a presença tão preponderante da Michelle Obama na sustentação do seu marido, homem de cor, o primeiro a assumir o mais importante mandato quer da América como exemplo desse toque mencionado. 

No Chile atual, um jovem presidente está tendo uma arrojada iniciativa de entregar dez ministérios às mulheres. Vale a pena observar como isso vai se desenrolar neste país que já foi modelo do desenvolvimento econômico e é um país participante latino-americano. 

Mas o importante é que no momento atual da busca brasileira por um país mais sustentável, já muitos postos tanto governamentais como nas empresas fazem surgir um período mais leve, mais suave, menos conflituoso do que a presença predominantemente masculina. 

Chegar ao meio-termo que caiba à mulher, o orçamento familiar e, assim, ter influência no consumo, na habitação, no mobiliário, na moda e na forma de vestir, tanto dos homens como na busca de não perder a feminilidade que é um dom natural de cada uma. 

Nesta era digital, já não se precisa distinguir da onde vem a notícia, mas de todo modo, soa estranho não ser tão conflitante. Veja ao seu lado o toque feminino e, sobretudo na área social, a presença tão marcante e tão necessária para solucionar a curto, médio e longo prazo, o desnível social tão gritante entre nós. 

LEIA MAIS

28/05/2022 - 00:15

Qual estilo combina mais para a sua casa?

27/05/2022 - 17:33

27/05/2022 - 16:34

VER MAIS
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por