Planejamento

São José planeja futuro com projeto que conta com pacote de dez obras

Trata-se de um pacote de 10 obras que fazem parte da Assessoria de Projetos Especiais da Prefeitura de São José

Xandu Alves
27/05/2022 às 20:33.
Atualizado em 28/05/2022 às 00:31
VLP da Linha Verde (Divulgação/PMSJC)

VLP da Linha Verde (Divulgação/PMSJC)

O prefeito de São José dos Campos, Anderson Farias (PSD), que assumiu o cargo em abril após a saída de Felicio Ramuth para disputar a eleição, tem um desafio diante de si: entregar o pacote de obras projetado para a cidade.

Ele tem praticamente três anos para dar conta de concretizar um dos mais ambiciosos projetos de desenvolvimento de São José, com potencial para mudanças profundas na mobilidade urbana, planejamento e meio ambiente.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-34

Trata-se de um pacote de 10 obras que fazem parte da Assessoria de Projetos Especiais da Prefeitura de São José dos Campos, setor antes comandado por José de Mello Correa, que deixou o governo com a saída de Felicio.

A equipe de trabalho foi mantida, mas segue sem um assessor especial designado por Anderson. Mas nada que faça o trabalho parar, como confirmou o prefeito: “Temos obras viárias e de mobilidade urbanas importantes para acontecer. O time está comigo e quero continuar cuidando bem da cidade”.

Antes de deixar o cargo, Mello disse a OVALE que as obras têm potencial para “mudar a cidade e torná-la com mais qualidade de vida e atraente para investimentos. Não temos limite para sonhar”.

Uma das principais obras é a Linha Verde, projeto de mobilidade urbana por meio de um VLP (Veículo Leve sobre Pneus) que vai conectar diversos pontos da cidade com a região central, de forma mais rápida. O investimento será de R$ 75,5 milhões, com R$ 30 milhões aportados pelo governo estadual.

A obra está em andamento ao mesmo tempo em que a prefeitura licita o novo sistema de transporte coletivo de São José, que contará com ônibus elétricos.

Até o final do governo, Anderson disse que pretende deixar ao menos o projeto da fase 2 da Linha Verde: “Aí não é só o VLP, mas tem esse trecho da zona leste e tem o Anel Leste, para ônibus e carros. Teremos as conexões entre as vias e tem todo esse acesso, um grande Anel Viário do entorno”.

A Linha Verde e o novo sistema de transporte se conectam aos projetos de estacionamentos subterrâneos e os de requalificação de vias estratégicas da cidade, como a Sebastião Gualberto, rua João Rodolfo Castelli, Conde Francisco Matarazzo, Via Jaguari e a nova entrada do Parque da Cidade, que inclui a concessão dos galpões da ex-Tecelagem Parahyba.

Outra obra é o enterramento dos cabos de energia na rua 15 de novembro, um dos principais corredores comerciais da cidade, e a construção de um centro de convenções, que pode ser implantado dentro do Parque da Cidade.

“Temos um planejamento para chegar próximo a 1 milhão de habitantes, não mais do que isso, com uma cidade organizada e que a gente não perca a qualidade de vida que temos hoje. São bairros com a exigência de áreas verdes, obras sustentáveis”, afirmou Anderson.

Entre os novos projetos, estão incluídas as concessões municipais da geração distribuída de energia solar -- a fazenda fotovoltaica -- e a da Arena de Esportes. Na Arena, o acordo é de 20 anos com mais 10. E na geração distriuída de energia, com 25 anos mais um de implantação.

A fazenda fotovoltaica visa abastacer com energia limpa a Linha Verde e parte do consumo dos prédios da prefeitura.

Outra concessão considerada estratégica é a do Aeroporto de São José, cujo processo de licitação será retomado após decisão judicial, com o trâmite de homologação da empresa vencedora.

A concessão tem prazo de 30 anos com previsão de investimentos de até R$ 130 milhões para o período.

De acordo com a prefeitura, a meta é que todas as obras sejam entregues até o final de 2024, ainda no governo Anderson.

“Ideia é continuar deixando a cidade nesse clima de desenvolvimento, atraindo investimento e gerando emprego e renda. Aproveitar as oportunidades”, disse o prefeito.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por