Planejamento

Doria crava entrega da serra da Tamoios em março de 2022 e diz que contornos terminam em 26 meses

Governador comenta retomada das obras dos contornos nas redes sociais

Xandu Alves
30/08/2021 às 01:21.
Atualizado em 15/09/2021 às 17:58
Rodovia dos Tamoios (Arquivo/OVALE)

Rodovia dos Tamoios (Arquivo/OVALE)

O governador de São Paulo (SP), João Doria (PSDB), cravou março de 2022 como a data para a entrega das obras de duplicação do trecho de serra da Rodovia dos Tamoios, que começaram em dezembro de 2015 ao custo de R$ 3,1 bilhões.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matéria exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-2

Se confirmada a data, a obra será entregue com um mês atraso para a previsão inicial, que era fevereiro de 2022.

Doria também comentou a retomada da construção dos contornos de Caraguatatuba e de São Sebastião, paralisadas desde 2018 e pertencentes ao projeto de duplicação da Rodovia dos Tamoios.

Segundo o governador, a obra vai exigir mais 26 meses de trabalho até ser entregue, contando a retomada dos serviços, o que deve ocorrer nas próximas semanas.

Em sua conta oficial no Instagram, o tucano comentou o acordo na Tamoios: “Mais uma obra retomada”, escreveu Doria. “Assinamos acordo para concluir as obras dos contornos da Tamoios de Caraguatatuba e São Sebastião. Serão gerados 2 mil empregos com as obras. Já em março/22, será concluída a duplicação do trecho de serra da Tamoios e o restante das obras em 26 meses”.

O pacote dos contornos prevê 46 obras entre pontes e viadutos, além de seis conjuntos de túneis. A nova via terá 33,9 km de extensão com aumento da segurança viária em um novo corredor logístico para o Porto de São Sebastião e aos polos de turismo do Litoral Norte.

De acordo com o governo estadual, o entendimento destrava investimentos de R$ 1,5 bilhão e pode gerar até 2.000 novos empregos diretos no Litoral Norte.

Na sexta-feita (27), Doria já havia comentado o novo acordo: “Nos próximos 15 dias, os canteiros serão instalados e teremos a retomada de uma das principais obras de nosso estado. Foi um desafio para a nossa gestão resolver mais este gargalo e promover um novo corredor logístico no nosso estado”.

Há a previsão de que o governador visite a região para marcar a retomada das obras dos contornos da Tamoios.

CADERNO

As obras da Rodovia dos Tamoios foram tema, em abril deste ano, do projeto O Brasil do Futuro de OVALE, que discutiu o cenário com autoridades e especialistas. O jornal também fez um caderno especial sobre o assunto, que pode ser acessado nesse link.

  

OBRAS NA TAMOIOS

Rodovia dos Tamoios (SP-99)

  

PLANALTO

Trecho: km 11,5 (São José) ao km 60,4 (Paraibuna)

Extensão: 49 km

Obra: duplicação do trecho, com pistas duplas, acostamento e mureta de proteção

Início: maio de 2012

Finalização: janeiro de 2014

Custo: R$ 672,4 milhões --115,4 milhões a mais do inicial

Passagens de pedestre: 15 passarelas e 9 passagens inferiores

Pontos de ônibus: 48

Tempo de viagem de carro: 39 minutos

Velocidade: 80 km/h

  

SERRA

Trecho: km 60,48 (Paraibuna) ao km 82 (Caraguatatuba)

Extensão: 21,5 km

Obra: novo trecho de 4 km paralelo à pista existente e mais 17,5 km em traçado novo

Local: Parque Estadual Serra do Mar

Início: dezembro de 2015

Finalização: previsão para março de 2022

Custo: R$ 3,1 bilhões

Realização: mais de 90% das obras concluídas

Trecho entregue: 4 km (km 60 ao 64, em Paraibuna)

Equipamentos: 12,8 km de túneis, 2,6 km de viadutos e pontes e 6,1 km em terraplanagem

Maior túnel do Brasil: 5,5 km (construção)

Segundo maior túnel do Brasil: 3,5 km (fase de acabamento)

Operação: serra antiga será pista de descida e a nova serra como pista de subida

Execução: Construtora Queiroz Galvão

Funcionários: 2.694 trabalhadores

  

CONTORNOS

Trecho: Caraguatatuba a São Sebastião

Extensão: 24,6 km

Obra: nova ligação entre as duas cidades

Início: outubro de 2013

Paralisação: julho de 2018

Retomada: previsão para as próximas semanas

Finalização: 26 meses

Realização: 76,4% das obras concluídas

Custo: R$ 1,5 bilhão

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por