Política

Câmara de Ilhabela aprova aumento de quase 30% no salário do prefeito, vice e secretários

Projeto foi votado no recesso parlamentar e estava fora da pauta da sessão. O novo salário do prefeito será de R$ 30 mil

Douglas Cruz
04/01/2022 às 16:11.
Atualizado em 04/01/2022 às 16:11
Câmara Municipal de Ilhabela (Foto: Divulgação)

Câmara Municipal de Ilhabela (Foto: Divulgação)

A Câmara de Ilhabela aprovou o reajuste dos salários do prefeito, vice e dos secretários municipais, em sessão extraordinária, nesta terça-feira (4). Com o aumento, o salário bruto do prefeito será de R$ 30,5 mil, já o vice-prefeito e os secretários receberão R$ 17,8 mil.

O projeto de lei nº 091, ainda não está disponível no site da Câmara. Ele foi votado em sessão extraordinária, durante o recesso dos vereadores. A sessão foi convocada para a votação do reajuste dos servidores municipais. O projeto de reajuste do Executivo estava fora da pauta.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-24

Com o projeto, o salário dos membros do Executivo foi reajustado em 27,22%, seguindo o IPCA (Índice de Preços no Consumidor) acumulado desde 2017, quando foi feito o último aumento. Os vereadores argumentaram que o reajuste se trata de uma correção inflacionária.

“Esse Projeto de Lei, apesar de parecer ser algo polêmico, se trata de justiça. Todo servidor público tem direito a receber um salário digno e corrigido monetariamente”, disse a vereadora Diana Matarazzo Falcão – Dra. Diana (PL) – que presidiu a sessão.

Atualmente o prefeito recebe salário de R$ 24 mil, que irá saltar para R$ 30,5 mil. O salário do vice-prefeito e dos secretários passa de R$ 14 mil para R$ 17,8 mil.

O projeto ainda precisa ser sancionado pelo prefeito Toninho Colucci (PL). 

Votos

Votaram a favor: Dra. Diana (PL), Leleco Augusto (DEM), Ezequiel Cabeleireiro (Avante), Zé Preto (PDT), Alessandro Abençoado (PL), Edilson da Ilha (PL) e Dr. Thiago (SD). Votaram contra: Felipe Gomes (Republicanos) e Raul da Habitação (PSD).

Resposta 

Questionada, a prefeitura de Ilhabela afirmou que desde 2016 o prefeito, vice e secretários não recebiam a reposição. 

"A Prefeitura de Ilhabela esclarece que a reposição salarial não é aumento de salário, mas sim a equiparação de acordo com índice inflacionário do período e salienta ainda que todos os trabalhadores têm direito legal de receber, em seus vencimentos, pelo menos a reposição da inflação", diz trecho da nota enviada a OVALE.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por