Reforma

Saud nega atrito com ex-secretárias e justifica mudanças na Educação e Inclusão Social

Gabriela Antonia deixou de ser secretária de Educação e a vice-prefeita, Adriana Mussi, saiu do comando da pasta de Desenvolvimento e Inclusão Social

Julio Codazzi
04/01/2022 às 23:54.
Atualizado em 04/01/2022 às 23:54
A vice-prefeita de Taubaté, Adriana Mussi (Divulgação)

A vice-prefeita de Taubaté, Adriana Mussi (Divulgação)

O prefeito José Saud (MDB) negou, em entrevista a OVALE, que as trocas ocorridas nas secretarias de Educação e de Desenvolvimento e Inclusão Social tenham sido feitas por atritos ou descontentamento com as antigas titulares das pastas – Gabriela Antonia e a vice-prefeita Adriana Mussi (Republicanos), respectivamente.

No caso de Adriana Mussi, a ideia seria aproveitar a figura da vice-prefeita para ampliar a interlocução com os governos estadual e federal, em busca de investimentos para o município. “Eu trouxe R$ 198 milhões para Taubaté em um ano. Se eu tiver mais uma pessoa me ajudando nisso, vamos andar muito mais. Eu não consigo estar em dois lugares ao mesmo tempo. A Adriana é boa de conversa”, disse Saud. “A ideia é a gente apostar que conseguiremos mais dinheiro para Taubaté com isso”, completou o prefeito.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-24

À reportagem, Adriana Mussi também negou que tenha ocorrido algum atrito. “O prefeito quer o meu apoio para trazer mais recursos para a cidade, e acredita que eu atuando como vice posso desempenhar esse papel com mais desenvoltura, sem as preocupações que uma secretaria demanda”.

Em 2021, ao comandar a pasta de Desenvolvimento e Inclusão Social, Adriana recebia salário de secretária (R$ 11.466,60) em vez do vencimento de vice (R$ 5.585,04). Em 2022, com o aumento para os agentes políticos, receberá R$ 18.100 como vice (os secretários terão vencimento de R$ 18.000).

A secretaria seguirá sob comando do Republicanos: a nova titular é Marcia Ulliani, que foi candidata a vereadora em Caçapava pelo partido em 2016 e depois atuou como assessora do deputado federal Milton Vieira (Republicanos) e do filho dele, Milton Vieira Filho (Republicanos), que é vereador em São José.

EDUCAÇÃO.

Na Educação, Gabriela Antonia deixou de ser secretária e passou para o cargo de diretora de administração escolar. Mesmo assim, responderá interinamente pela pasta até o fim de janeiro.

Nesse período, o governo Saud irá analisar se Vera Hilst, que foi nomeada secretária adjunta, permanecerá nesse cargo ou assumirá o comando da Educação. Vera, que foi candidata a vereadora de Caraguatatuba em 2000, na época pelo PSDB, atuou como secretária de Educação em Londrina (PR).

“Desde o começo, ela [Gabriela] não queria ser secretária, ela queria ser diretora. Ela acabou assumindo por tempo determinado. A Gabriela fica até dia 31 [de janeiro] como diretora, mas responsável pela secretaria, para mostrar o funcionamento para a Vera. A Vera tem um currículo bacana”, afirmou Saud.

“Eu já tinha alinhado com o prefeito, desde o início. Eu sou estatutária, tenho 25 anos de carreira. Como secretária, perco meus adicionais de tempo de carreira, como anuênio”, explicou Gabriela. “Eu não estou saindo da secretaria, foi tudo conversado. Eu continuo na Educação, mas como diretora”, completou.

OUTROS.

Na entrevista a OVALE, Saud também comentou outros pontos sobre o pacote de portarias de nomeação e de exoneração publicado no diário oficial nessa terça-feira (4).

Um dos pontos mais criticados nas redes sociais foi a nomeação de três pessoas que administram páginas e grupos no Facebook: Ivan Rezende Lima, da página Taubatexas, será gestor do Procon; Renata Cobra, da página Taubaté em Debate, será gestora da área pedagógica do ensino fundamental e médio; e Silvia Leticia Rodrigues da Silva, que é conhecida como Leh Rodrigues e é uma das administradoras do grupo ‘O que podemos fazer para melhorar Taubaté?’, será gestora de administração das unidades de educação infantil.

Saud negou que a nomeação do trio seja uma tentativa de evitar postagens críticas ao governo no Facebook. “Cada secretário organizou seu escopo, de quem deveria levar[cargo] ou não. A Leh Rodrigues foi bem nos convênios [da educação, mantidos com fundações da Unitau, a Universidade de Taubaté], é decisão técnica. Não tem nada de ‘cala boca’, porque já trabalhava ano passado [nos convênios, em cargo comissionado] e não calou a boca por isso. A Cobra trabalha bem na educação, já trabalhava em Campos do Jordão. O Ivan recebe bastante reclamação, vai ser útil no Procon”, disse o prefeito.

Das três novas pastas criadas, duas ainda não tiveram os secretários definidos – a exceção é a de Justiça e Cidadania, que será comandada pelo ex-juiz Carlos Eduardo Reis de Oliveira. A de Administração vai ficar, interinamente, com o chefe de gabinete, Renato Ayello. Para a de Habitação, nomes ainda são estudados. “Não vou nomear ninguém agora. Quero alguém que consiga trazer habitação para taubaté, alguém com força política pra trazer recursos”, afirmou Saud.

REFORMA.

Em janeiro de 2022, passaram a valer as mudanças estabelecidas pela reforma administrativa sancionada por Saud no mês passado, que deve resultar em um gasto adicional de R$ 43,484 milhões para a Prefeitura apenas esse ano.

A lei aumenta o número de secretarias municipais de 16 para 19, cria 50 cargos efetivos (preenchidos via concurso), 90 cargos comissionados (de livre nomeação) e 117 funções de confiança (desempenhadas por servidores de carreira, que recebem adicional nos salários), e também aplica reajustes de 0,5% a 32% nos salários do funcionalismo.

Na justificativa do projeto enviado à Câmara, o prefeito alegou que o município “cresce a cada ano, demandando assim a necessidade de estruturar a sua organização interna”, e que, com esse conjunto de medidas, “procura-se criar as condições e o ambiente necessários para atingimento da máxima eficiência e eficácia das atividades realizadas pela Prefeitura”.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por