Eleições

Sondado para ser vice de Tarcísio, Felicio diz seguir com pré-candidatura ao Estado

Ex-prefeito de São José afirma ter sido procurado por diversos partidos, mas que mantém intenção de concorrer ao Palácio dos Bandeirantes

Caíque Toledo
22/06/2022 às 23:31.
Atualizado em 22/06/2022 às 23:34
Felicio Ramuth (PSDB) (Divulgação)

Felicio Ramuth (PSDB) (Divulgação)

O ex-prefeito de São José dos Campos Felicio Ramuth (PSD) negou nesta quarta-feira (22) que tenha aceitado um convite para ser vice de Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao governo de São Paulo.

A notícia foi publicada inicialmente pelo portal Metrópoles, que apontou que a aliança de Tarcísio já teria sido fechada com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. No acordo, Felicio deixaria sua pré-candidatura para apoiar o ex-ministro da Infraestrutura.

Procurado por OVALE, Felicio declarou que segue como pré-candidato. O ex-prefeito de São José, que deixou o PSDB rumo ao PSD justamente para concorrer ao governo estadual, afirmou que foi procurado "por diversos partidos" para formar alianças.

"O PSD e eu fomos procurados por diversos partidos, não há nenhuma negociação partidária fechada sobre o tema, seguirei minha jornada como pré-candidato ao governo de SP conversando e praticando boa política com o objetivo de buscar o melhor para SP", disse o ex-tucano.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por